Pedágio

Caminhoneiro

Viagem

Notícias

O Caminho do Sabarabuçu – SÉRIE: ESTRADA REAL

Há cerca de 300 anos atrás, viajantes avistaram um brilho no topo da Serra da Piedade (que era conhecido como Pico de Sabarabuçu) e imaginaram ser ouro. Esses viajantes, então, criaram um caminho alternativo para chegar ao topo, que deu origem ao Caminho do Sabarabuçu. Porém, o que eles acreditaram ser ouro era, na verdade, na verdade, minério de ferro.

O caminho criado segue pela margem do Rio das Velhas e é rota alternativa ao Caminho dos Diamantes, tema do post da próxima semana.

O Caminho do Sabarabuçu possui 160 km, onde 77,5% são estrada de terra e 22,55% são trilhas.  Ele vai de Glaura a Cocais

Hoje, você pode percorrer os 160 km do caminho e conhecer todas as cidades em 2 dias, de carro. Para fazer o percurso de bicicleta, estima-se uma duração de 4 dias de viagem. A cavalo, 6 dias. Caso um peregrino resolva fazer todo o percurso a pé, parando para apreciar todos os pontos turísticos que existem no caminho, este trajeto pode levar até 11 dias.

É interessante fazer o percurso saindo de Glaura, que está a 1038 metros de altitude, assim, o viajante enfrentará menor número de subidas. 

serra da piedade

Santuário Basílica Serra da Piedade, em Caeté

A Serra da Piedade está localizada na segunda cidade do caminho, Caeté. Do alto da montanha é possivel observar uma das paisagens mais bonitas da região. O Santuário Serra da Pieddade é parada obrigatória, tanto para o Turismo Religioso como para cenário de belíssimas fotos!

Para os amantes de trilhas, sugerimos dois trechos, o primeiro para iniciantes, e o segundo um pouco mais avançado.

igreja

Igreja N. Sr.a da Conceição – Raposos

Sabará – Raposos  (3 km de trilha)

O caminho entre Sabará e Raposos possui, na verdade, 13 km, mas se você não é um trilheiro experiente, sugerimos um trecho leve, entre os kms 7,2 e 10,9 da estrada, que pode ser acessado a pé, a cavalo ou de bicicleta.  A maior dificuldade é a falta de sombras.

Em Sabará, vale a pena conhecer o Museu do Ouro e o Teatro Municipal, que é o segundo teatro mais antigo do país.

A cidade de destino teve sua criação em 1690, pelo bandeirante Pedro de Morais Rapôso, que foi à região em busca de ouro e pedras preciosas. Rapôso logo percebeu a fertilidade e riqueza da terra, e assim decidiu ficar. Ainda é possível notar o patrimônio histórico, como a Igreja de N. Sra. da Conceição. Apesar das reformas no começo do século XX, ela mantém as principais características do estilo barroco, como o São Francisco de Botas construído por Aleijadinho. 

 

cachoeira

Cachoeira 27 Voltas – Honório Bicalho

Raposos – Honório Bicalho (13 km de trilha) 

Neste trecho, o viajante encontra 5 km de subida, com inclinação média de 9%. A dificuldade é média, e não é possível fazer o percurso a cavalo nem pedalando.

O Distrito de Honório Bicalho pertence à cidade de Nova Lima, e nele você encontra uma grande diversidade de cachoeiras e atrativos naturais, além de monumentos históricos.

 

Assine nossa Newsletter!