Pedágio

Caminhoneiro

Viagem

Notícias

Os caminhos da Estrada Real – SÉRIE: ESTRADA REAL

Iniciamos hoje uma série de cinco posts sobre a Estrada real e seus caminhos. 

Cidades históricas, belas paisagens, cultura e lazer.

Locais onde passaram escravos, comerciantes, bandeirantes e reis, a Estrada Real é uma junção de trechos de estradas coloniais que hoje resulta na maio rota turística e histórica do país. São mais de 1.600 Km de extensão, passando pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. No seu percurso é possível identificar as diversas tradições e identidades locais, além das belezas naturais típicas de cada região.

estrada realFoto: Blog Leve na Viagem

A sua história surge em meados do século 18, quando a Coroa Portuguesa decidiu então oficializar os caminhos para o trânsito de ouro e diamantes entre Minas Gerais e os portos de Paraty e do Rio de Janeiro.

Essa decisão foi tomada a fim de evitar a exploração e transporte sem o conhecimento e consentimento da Coroa. O complexo da Estrada Real é dividido em quatro trechos: Caminho Velho, Caminho Novo, Caminho dos Diamantes e Caminho Sabarabuçu.

Caminho Velho

Tiradentes

Tiradentes-MG

O Caminho Velho, também chamado de Caminho do Ouro, foi o primeiro trajeto implantado pelo reino português, interligando as cidades de Ouro Preto e Paraty. Foi aberto oficialmente para criar uma ligação estratégica entre o litoral fluminense e a região produtora de ouro do interior de Minas Gerais. Na época os tropeiros levavam cerca de sessenta dias para percorrer todo o trajeto a cavalo. Dentre os locais de destaque podemos citar as cidades de Tiradentes, São João del-Rei, Caxambu e Paraty.

Paraty é a porta de entrada do Caminho Velho, a cidade teve o porto exportador de ouro mais importante do Brasil colonial. Já a cidade de Tiradentes, que se chamou Arraial Velho de Santo Antônio e também de Vila de São José do Rio das Mortes, é um dos centros históricos de arte barroca mais bem preservados do Brasil.

A cidade de São João del-Rei abriga um rico repertório de arquitetura colonial Barroca, como a famosa igreja de São Francisco de Assis. Não podemos deixar de citar também o Santuário do Bom Jesus de Matozinhos.

Caminho Novo

Paraty

Paraty-MG

O segundo trecho é o Caminho Novo. Ele foi criado para servir como um caminho mais seguro ao porto do Rio de Janeiro, principalmente porque as cargas estavam sujeitas a ataques de piratas na rota marítima entre Paraty e Rio de Janeiro.

Nesse trecho podemos destacar as cidades de Lavras Novas, rodeada de belas paisagens e montanhas, Juiz de Fora, Paraíba do Sul, o único local onde se encontram os restos mortais de Tiradentes, mártir da Inconfidência Mineira (movimento separatista contra o reino português no final do século 18).

Temos também a Cidade Imperial de Petrópolis, ainda no alto da Serra, e por fim a cidade do Rio de Janeiro, capital da Colônia a partir de 1773, e sede da Coroa Portuguesa, de 1808 a 1821.

 

Caminho dos Diamantes

ouro preto

Ouro Preto-MG

O terceiro trecho, o Caminho dos Diamantes, tinha a intenção de conectar a sede da Capitania Ouro Preto – a principal cidade de exploração de diamantes – à cidade de Diamantina, no extremo norte. Podemos destacar o antigo arraial do Tijuco, atual cidade de Diamantina, reconhecida internacionalmente pela Unesco. Também Mariana, primeira vila à cidade e capital de Minas Gerais e é claro, Ouro Preto, antiga cidade de Vila Rica, capital de Minas Gerais até 1897.

Esta cidade tem sua importância devido à localização estratégica, pois interliga todos os caminhos da estrada real. Foi criada a partir da junção de diversos arraiais fundados por Bandeirantes em 1711, e foi o foco de irradiação da inconfidência mineira.

Caminho Sabarabuçu

O último dos quatro trechos é o Caminho Sabarabuçu, lugar cercado por esplêndidas paisagens de montanha e lendas que inundam o imaginário popular. Destacam-se aqui os distritos de Cocais, Raité, Glaura e Sabará.

Fique ligado nos próximos posts da série! Toda semana, um novo caminho, com dicas, curiosidades e informações gerais.

Conheça a estrada real e sua importância histórica! Programe sua rota com nossa calculadora e vá de ônibus, carro, moto ou caminhão! Conte sempre com a gente.

Assine nossa Newsletter!