Pedágio

Caminhoneiro

Viagem

Notícias

Como foram os primeiros dias sem pedágio no PR

Desde 0h de sábado (27) até as 8h desta segunda-feira (29), o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atenderam 27 ocorrências nas rodovias.

O fim de semana assinalou o encerramento dos contratos de pedágio do Anel de Integração do Paraná

As equipes e a estrutura da Rede de Urgência do Paraná foram reforçadas para atendimento prioritário da malha viária até o início das novas concessões, o que ajudou a manter baixa a média do tempo de resposta a esses acidentes, que foi de 15 minutos.

Segundo o balanço do Corpo de Bombeiros, 36 pessoas ficaram feridas e três morreram nos acidentes. Porém, na maior parte das ocorrências não houve vítimas.

Com o fim da prestação de serviços por parte das concessionárias, eventuais interrupções na pista por causa de acidentes terão suporte da Polícia Militar (PM) para desobstrução das vias. Neste primeiro momento, serão utilizados os guinchos da PM, mas o DER/PR já lançou um edital de licitação para contratação do serviço de guincho mecânico, leves e pesados, até o início das novas concessões.

Vale reforçar que a PM faz apenas a desobstrução da pista, mas a retirada do veículo do local será de responsabilidade do usuário. Em casos de falhas elétricas ou mecânicas, o motorista também deverá fazer a sinalização e afastamento do veículo para não atrapalhar o tráfego.

Diante do cenário atual, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) lançou edital para contratar empresas que irão realizar os serviços de guincho nas rodovias estaduais pelo período de um ano. Já na rodovias federais, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) agiu da mesma forma e irá contratar empresas para a prestação dos serviços aos usuários.

As empresas vencedoras vão fazer a conservação do pavimento, controle de vegetação próxima às pistas, drenagem e sinalização dos trechos. Os contratos podem ser celebrados pelo prazo de até dois anos.

Já falamos, mas não custa lembrar:

Para assistência nas rodovias sem concessão, o usuário deverá ligar para os seguintes números:

191 – Polícia Rodoviária Federal (rodovias federais)

198 – Polícia Rodoviária Estadual (rodovias estaduais)

193 – Corpo de Bombeiros (acidentes)

Com informações da Agência Estadual de Notícias do Paraná

Assine nossa Newsletter!